Top 10 do Zombetero – 2016

Dedico este post à você que odeia a palavra TOP! ^_^

Este ano não foi algo tão absurdo, apreciei muitos play que fiquei obcecado antes de serem lançados, uns me alucinaram, outros, apenas achei legal, nada de tão abismal assim, isso acontece nessa roda que gira e sempre retorna ao seu mesmo ponto. Muitas bandas seguem buscando a sua identidade e as que já a encontraram, seguem firmes na receita.



Não sou um fiel adorador do Stoner Rock, minha mente computa melhor o Roque Arrastado, mas… o 3º disco desses gregos me pegou de jeito, um peso muito bem calibrado, muita ginga, não tão reto, sem fugir da raia, uma dose certa de modernismo, um disco para bater cabeção doidão de qualquer coisa.


Uma banda que deixou de existir após o seu 5º disco, uma verdadeira lástima! Visions in Bones marca o retorno do vocalista George Birch, um cara que estava presente desde o início da banda e que a deixou em 2010, sua volta fez com que os caras retornassem às origens e lançassem mais uma obra louvável da Mão Lerda!


A Itália nos presenteou com um disco absurdamente lindo, fruto do quarteto Messa, a beleza e sutileza da voz de Sara casando com a lerdice sombria e melancólica te transportará para outra realidade. Ainda não satisfeitos, eles aliaram um pouco de Metal tradicional e algo de Drone no meio disso, uma ambientação afim de fugir da maré esmagadora deste nicho, deu certo, certo de mais!


A banda mais torta presente aqui, sem dúvidas, é esse duo francês, além de cantar em bretão, os caras incluem uma gaita de fole, saxofone, instrumentos de (talvez) origem celta, algo de Metal mais extremo, algo de jazz, um disco torto, bem pensado, bem gravado, bem doido.


Tombstoned é um trio finlandês adepto daquele Stoner/Doom brisado, no segundo disco, os caras deram uma experimentada em atmosferas mais sutis, sem deixar de lado a mão pesada e o lado sombrio, frio como o gelo que os cercam.


Uma bela surpresa da Polônia esses Red Scalp, uma mescla de Caronte com Dopelord, adicione mais bandas dessa pegada, e pimba! A banda lançou o seu debut de forma independente, parece que não só no Brasil é difícil de manter uma banda, a face da teimosia prevalece!


Voltando à Itália para trazer o debut dos Psychedelic Witchcraft, uma banda que vem se destacando no revival europeu, flertando o Occult Rock moderno com o Blues, o segundo já tem até previsão de lançamento e contará com uma faixa inédita, alguns covers, regravações e o EP Black Magic Man.


The Year is One traz os finlandeses Spiritus Mortis de volta ao mundo dos vivos, um intervalo de praticamente 7 anos entre o antecessor – The God Behind the God, um play que marcaria a banda por uma nova abordagem sonora. Esse 4º disco é simplesemnte uma aula de Doom Metal na mão nórdica, frio, intenso, obscuro e maldito. Tive a honra de resenhar esse play, clique aqui e confira.


Retornemos à Itália uma vez mais para trazer outra banda  “fora do esquadro”; os Riti Occulti, em sua 3ª obra, a banda traz um som mais lapidado, mais explorativo, mais bem pensado, melodias que te estremecem o corpo e te arrepiam a alma, fruto da atmosfera desempenhada pelo teclado, da voz macabra de Serena e da voz voluptuosa e macia de Elisabetta, tudo isso, banhado pela aura do caminho sinistro. Também resenhei esse play, clique aqui para conferir.


Encerrando com uma banda monstra do underground arrastado e desacelerado; os suecos GoatessPurgatory Under New Management segue a receita do debut auto-intitulado de 2013, um tanto transcendental, faixas longas, uma vibe próxima da atmosfera sonora oriental, diria até, de certa forma, medieval. Um disco melodioso, pesado, que te transpassa inúmeros sentimentos, que te arrepia sem esforço!



Não foi muito fácil, nem muito difícil apontar esses 10 discos, algumas coisa ficaram de fora, é de praxe, não sou muito apegado a um limite de banda pruma lista que visa a divulgação de bandas, e também, uma luz sobre as já “consagradas”. De qualquer forma, se você acompanha a SUD (aqui e na página), você sempre será bombardeado com o melhor da Múscia Chapada, Arrastade e Desacelerada Mundial. Até a próxima!


Que Coffin Joe vos abençoe – .:G.Z/SUD:.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.